News

TerraView 5: o que vem de novidades para os usuários na plataforma?



Olá pessoal,

Quem conhece o TerraView, sabe que este software tem grande potencial de despontar no mercado nacional. Acompanhei por bastante tempo o desenvolvimento do TerraView, visto que era, também, meu software de trabalho (ministrava cursos no Projeto SIPAMCidade).
Nesta última semana (12 a 16.05.14) participei do curso de Banco de Dados Espaciais (PostgreSQL/PostGIS) realizado esta semana em Macapá para nós, técnicos da Instituto Estadual de Floresta do Amapá (IEF-AP). O pesquisador do INPE, Eymar Lopes, coordenador do projeto TerraMA² (www.dpi.inpe.br/terrama2) ministrou tal curso.

Além de abordar conceitos básicos de banco de dados, modelagem de bancos de dados espaciais, banco espaciais com o PostGIS e Web-services, mostrou o que INPE está preparando para o final do ano com a nova biblioteca TerraLib e aplicativo TerraView 5 (www.terralib.org). 

Segundo Eymar Lopes, a nova biblioteca TerraLib5 tem várias novidades:

"Entre elas a principal que é a aderência ao padrão de armazenamento de dados do consórcio OGC. Essa principal mudança vai permitir utilizar o aplicativo TerraView 5 para acesso o bancos espaciais como o PostGIS com dados vetoriais ou matriciais, além de utilizar ferramentas de processamento de última geração desenvolvidos pelo INPE e com seus parceiros." 
A nova interface do TerraView5 faz acesso aos dados de forma muito prática e fácil assim como ferramentas como o Quantum GIS, gvSIG e ArcMap, explica o pesquisador. Durante o curso, Eymar mostrou que o TerraView 5, em sua versão ainda Alpha, promete ser uma solução freeware e opensource para usuários e desenvolvedores de aplicações geo. 

A interface está limpa, amigável e assemelha-se bastante com os outros softwares que está no mercado. É esperar para ver!

Leia também:


 

Geotecnologias Luís Lopes Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.